quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Capítulo 21 – Polémica na Universidade – by BeAz


As férias acabaram, temos agora o segundo período pela frente, mais uma etapa decisiva no meu caminho para realizar o sonho de Diretora geral de uma megaempresa. – pensava eu enquanto preparava panquecas para o pequeno almoço e ouvia já as primeiras chovas a cair lá fora no terraço. – Hoje vamos ver as notas do primeiro período, por isso estou ansiosa. Mas ninguém parece se ralar, pois sou sempre eu a levantar primeiro.




Aníbal entra na cozinha:

AB – Bom dia amor, já levantou?
BeAz – Não queridinho, esta aqui é a minha irmã gémea, eu ainda estou dormindo lá em cima, então não vês que sou eu mesma?
AB – Ohh! Estou vendo que está de mau humor, vou levar o lixo lá fora enquanto você acalma!
BeAz – Desculpa mô! É que estou preocupada com as notas. Leve o guarda-chuva, está a chover a cântaros!
AB – Não se preocupa não, eu desvio-me das pingas! – sorriu baixinho.




Quando acabei as panquecas gritei bem alto para quem me quisesse ouvir – O pequeno-almoço está pronto, venham comer!

Meg – Hei menina, não precisa gritar! Estamos aqui bem atrás de você!
Chris – Está nervosinha, a tuga! Se acalma garota!
BeAz – Estou ansiosa por ver as notas, vocês não estão?
Chris – Tem todo o dia para isso, elas estão lá e não vão sair de lá correndo!




Aníbal entra correndo batendo com a porta e fechando o guarda-chuva – meninas, precisamos levar o guarda-chuva, está a chover muito.

BeAz – O que é que eu te dizia? Ainda por cima está a chover, vamos logo nos despachar!
Chris – Parece que acordou tudo stressado nesta casa.
Meg – Tudo não inclui euzinha aqui que estou bem tranquila. Vocês por acaso me viram alterada?




Sentámos na mesa e eu dei um valente grito.

AB – Você está bem amor? Não vai comer?
BeAz – Sim, agora estou! Já desopilei, posso começar a comer.
Chris – espera aí que eu vou já deixar de comer por causa dessas notas.
Meg – Minha dieta é que não me permite que deixe de comer!




O técnico que AB tinha chamado chegou, bateu na porta e AB disse para ele entrar que a porta estava aberta. Com as primeiras chuvas também surgiu as primeiras trovoadas que tinham queimado o nosso televisor.

BeAz – Chris, eu acho que devia estar preocupada com as notas porque você não estudou nada este período.
Chris – Nem precisa! Basta o que ouvir nas aulas que decoro tudo. E além disso para mim basta nota média, só preciso de passar de ano mais nada.
Meg – Nota média, tenho de certeza.
AB – Mas seria melhor se fosse acima da média, pelo menos estaríamos mais seguros.
BeAz – Claro que sim, eu pretendo isso mesmo.



Depois da cozinha arrumada sai desaustinadamente em direção à escola – Quem quiser que me siga! – gritei antes de sair de casa deixando a porta aberta. Corria ouvindo o tchap tchap das minhas pisadas a bater nas poças de água, a água espirrava em todas as direções e Chris gritava correndo atrás de mim:

Chris – Espere Bé, se não quer esperar pelos outros ao menos espere por mim, sua stressada!
Não seja tola em vir à chuva, abra pelo menos o seu guarda-chuva antes que fique toda encharcada – disse eu mesmo sem olhar para trás pois já calculava que a louca da Chris nem lembrava do guarda-chuva.




Cheguei, contornei a escola, resolvi entrar pelas traseiras, não me perguntem porquê, talvez o caminho mais perto para a cantina, que era onde se encontravam as pautas das notas. Chris continuava a correr atrás de mim sem guarda-chuva – teria ela se esquecido dele – perguntava eu aos meus botões.




Cheguei às escadas e parei esperando pela Chris.

Chris – Então, perdeu a coragem?
BeAz – Sinto as pernas a tremer! E eles não veem?
Chris – Devem vir, lá atrás!




Meg – Estou aqui Bé! Precisava correr tanto, já viu como ficou o meu guarda-chuva?

Chris olhou para trás e desatou numa gargalhada – porque não fez como eu? Tem medo da chuva?




E finalmente chega Aníbal.

Meg – Tinha de trazer o Lulu consigo, cachorro não pode entrar na escola.

Risota geral! A princípio Aníbal não percebeu mas depois de olhar o seu guarda-chuva respondeu:

AB – Tem algum problema com o meu guarda-chuva?
Chris – E você ainda não viu o dela, porque se visse…

Ouvem-se risos novamente.




Entrámos todos quase ao mesmo tempo na sala e deparámos com o Diretor da Faculdade. Sem mais nado nos ocorrer mas surpreendidos por vê-lo ali sentado, dissemos todos ao mesmo tempo – Bom dia Senhor Diretor! – este sempre muito sisudo respondeu muito secamente – Bom Dia! Estava a ver que ninguém se importava com as notas! Entrem, entrem e vejam a porcaria que fizeram neste período passado. Depois dirijam-se à biblioteca, darei uma palestra para informar de algumas alterações para o próximo período que começa já segunda-feira que vem. – mais uma vez em coro respondemos – está bem senhor Diretor!




Depois de vermos as notas – então Chris, as suas notas?

Chris – Não estão!
AB – Como não estão?
BeAz – Você não tem nota Chris?
Meg – Vai ver que são tão boas que rebentou a escala, não tem mais espaço para as notas da Chris.
BeAz – Não está preocupada não, Chris?
Chris – porque havia de estar?
AB – Por não ter notas, hué!?
Meg – Você está brincando Chris!
Chris – Não estou não. Vou já resolver esse probleminha das minhas notas, vocês vão ver. Me aguardem!




Eu ainda olhava as pautas procurando o nome da Chris, de certo que estaria o nome dela por ali. AB seguia a atuação de Chris com o olhar e Meg aproximou-se do balcão – Ó queridinho aí! Sirva aqui uma rodada para a gente comemorar, bem puxadinha, tá!?

Chris – Amável Senhor Doutor, desculpe estar a incomodá-lo mas verifiquei que as minhas ilustres notas não constam nas listas das pautas afixadas, poderei eu saber tal motivo?
Felismino – Não dei por essa falha, senhorita, mas aguarde um momento que irei ver ao meu gabinete se alguma coisa me escapou.
Chris – se não for massada, poderei acompanhá-lo?
Felismino – Com certeza, sem problema algum!




Já no gabinete.

Felismino – Aqui não vejo nada mas deixe-me ver no computador.
Chris – esteja à vontade, espero o tempo que precisar.




Enquanto isso eu, Meg e AB comemorávamos o aproveitamento escolar do primeiro período.




Chris toma a liberdade de se sentar na secretária do Diretos exibindo o seu pernão.

Chris – Precisa de ajuda, Senhor Diretor?
Felismino – Não, não… mas o que está fazendo?




Chris – Sabe, Sô Diretor, você tem uma aparência tão atraente!
Felismino – Não diga isso, menina, ainda sou acusado de assediar uma aluna.




Chris pega nas mãos do Diretor e massaja-as.

Chris – Não diga isso, ambos sabemos o que estamos a fazer, é só você colocar as minhas notas, bem chorudas, na pauta e isto fica entre nós. Está bem meu coelhinho de pelúcia?
Felismino – Ah não me chama isso!




Chris – Porque não? Você é mesmo um fofo, seu danadinho!
Felismino – Você está a deixar-me sem jeito!




Chris agarra no Diretor.

Chris – Vem cá meu gostosão, vou tirar a sua roupa e vou pô-lo bem bonitinho para poder apalpar o meu coelhinho cheio de pelo macio.

Chris abre sua bolsa e tira umas pinturas para fora e …




Nós os três continuávamos enfrascando! Não demos pelo tempo passar, estávamos entretidos e já não muito sóbrios.




Entretanto Chris tira a roupa ao Diretor, pinta-lhe a cara e enfia-lhe uma peruca de coelho.

Chris – Você está lindo e atraente, amor.
Felismino – Você sabe que sou casado e tenho uma boa reputação por isso me prometa que isto não sai daqui.
Chris – Claro que prometo, é só você colocar aí a minha nota e eu serei um túmulo.




Meg lembra-se de ir para o laboratório, nós corremos atrás dela.

AB – Meg, você não está em condições de fazer isso, deixa para depois.
Meg – Nem pense moleque, e depois? Minha ideia se vai, não é? Nunca mais voltarei a tê-la de novo.
BeAz – Meg, você sabe o que está a fazer? Tem a certeza que quer misturar mesmo esses dois componentes aí?
Meg – Se não tivesse não estaria a mistura-los né?




Felismino – Pronto, um Bom em tudo, está bem assim?
Chris – Eu não pedia tanto mas deixe ficar, eu sou Boa mesmo!




Meg tira a bata e corre para o fundo da sala – Fujam, não sei o que isso vai dar! – Nós corremos atrás dela.




Uns minutos passaram e nada aconteceu, Meg voltou à mesa de trabalho. – Meg tenha cuidado! – diz o Aníbal – Meg, é melhor você sair daí – disse a BeAz.




Uma forte explosão ecoou na Universidade. Eu e Aníbal gritámos ao mesmo tempo – Meg!!!




Quando os bombeiros chegaram já o fogo chegava ao telhado. Por precaução mandaram evacuar o prédio. Por azar a chuva parou e o sol apareceu.




Eu e AB corremos cá para fora e ao passar por um bombeiro indicámos onde estava Meg e contámos o que se tinha passado e dissemos que era melhor chamar os paramédicos porque ela estava ferida.




Alguns estudantes corriam de um lado para outro, outros insistiam em entrar no prédio. Eu e AB esperávamos ansiosos por saber o que aconteceu a Meg quando deparámos com a Chris e o Diretor a sair a correr. Toda a gente parou o que estava a fazer para olhar a figura do Diretor.




Walter – Já viu a sua figura, Diretor? Amanhã aparecerá no FaceBook a sua foto, alguns estudantes não resistiram e usaram os seus telemóveis, já viu o que é a Assembleia de Estudantes e Professores saberem a verdadeira razão de você aparecer assim no meio de um incêndio no edifício da universidade?
Felismino – Não me diga isso, nem reparei como estava quando o alarme tocou nos mandaram sair. Terei de ir lá dentro buscar a minha roupa.
Walter – Se eu fosse a si ia correndo antes que mais alguém veja! Kkkkk…
BeAz – Chris, porque algo me diz que você está envolvida nessa história do Diretor?
Chris – Eu só fiz o que tinha a fazer de resto, lavo daí as minhas mãos. E por falar em resto, o que aconteceu?




Um bombeiro sai e avisa que o fogo foi extinto e avisa que para a próxima temos de ter mais cuidado. O Diretor corre ao seu gabinete para trocar de roupa. Eu, Chris e AB corremos até ele e perguntámos por Meg. Ele acabou de falar e seguiu caminho.




Nós fomos atrás dele.

BeAz – Por amor de Deus senhor, diga-nos o que aconteceu à Meg.
Alfredo – Mas quem é Meg afinal?
AB – Está brincando, não lhe dissemos quando entrou no prédio?
Alfredo – Ah! O vosso cachorro?
Chris – Cachorro é você ó seu imbecil!
BeAz – Então não lhe dissemos que a nossa amiga estava envolvida no incêndio e precisava dos paramédicos?
Alfredo – Ah, agora me lembro. Não, não encontrámos a vossa amiga. Deve haver alguma confusão mas ninguém precisou de paramédicos.
AB – Estamos a perder tempo, ela deve estar caída por aí.
BeAz – Ela tinha-se queimado, nós a vimos chamuscada, pode estar a precisar de ajuda.
Chris – Não fique aí parado, temos de a encontrar e você tem de nos ajudar.

O telemóvel da Chris não parava de tocar, o que ela fez com o Diretor já corria a cidade inteira e todos queriam falar com ela.




Depois de espreitarmos em algumas divisões, Alfredo entra na casa de banho das senhoras – Senhorita Meg?

Meg – Foi um acidente, eu não tive culpa, juro!
Alfredo – Tenha calma, não lhe vou fazer mal! – e gritou – Está aqui!

Meg pôs as mãos à cabeça – Eu não quero ser presa!




BeAz – Somos nós Meg, você está bem?
Meg – Claro que sim, porque não havia de estar?
AB – Você chamuscou, eu vi!
Chris – Mas isto é alguma piada de mau gosto?
Alfredo – Se é alguma partida, alguém vai ter de pagar a chamada dos paramédicos.
BeAz – Não é partida nenhuma, ela estava no meio das chamas, eu e AB bem vimos.
Meg – Que nada, eu só fiquei foi chamuscada e vim tomar um banho, ou queriam que eu ficasse assim durante a festa da escola?
AB – Mas que festa? A festa foi cancelada por causa do incêndio.




A festa acabou por se fazer pela noite dentro. Eu dancei com o meu amor AB e Chris não perdeu a oportunidade de se meter com o bombeiro. Meg, depois de muito dançar, atirava-se à comida.




Antes da festa acabar Meg ainda conseguiu falar com a Dona Constance para tentar saber alguma coisa das consequências dos seus atos mas veio a saber do que aconteceu com o Diretor e agora isso tornara-se uma prioridade da escola.




Chegámos a casa já tarde! Meg não falou todo o caminho mas ao chegar a casa disse que queria falar connosco.




Meg conta então que falou com a Dona Constance e que esta lhe disse que o futuro da Universidade estava em risco por causa dos atos do Senhor Diretor Felismino. Com a redução de diretores não haveria substituição para o nosso diretor, se este ficasse suspenso por um tempo, e aí a Universidade teria de fechar. E com certeza isso iria acontecer e nós teríamos de ser transferidos para outra Universidade.

Meg – Por isso meninos, se preparem para a transferência de Universidade.
BeAz – E logo agora que me estava a habituar aqui!
AB – Por causa dessa assanhada não ter juízo!
Chris – Eu tinha de salvar as minhas notas e além disso tudo correu mal por causa da Meg, quem mandou ela fazer asneiras no laboratório? E eu também não podia imaginar que o desmiolado do Diretor aceitasse uma proposta dessas mas acertei em cheio com o fetiche dele, coelhinho fofinho, vejam só!

Acabámos a noite rindo apesar de nos amedrontar a ideia de irmos para uma Universidade desconhecida.



24 comentários:

  1. ?
    Ri aqui com a BeAz "entrando pelas traseiras".
    Estranhei a meneira toda hiper certinha da Chris de falar.
    Mas o que houve com a Meg? Nada? Ou é surpresa. Achei que iria matar a personagem. Todos mudam de faculdade, se separam e fim.
    Será?
    Boiei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chris estava concentrada nas suas notas e depois ficou também preocupada com Meg que afinal não lhe aconteceu nada embora parecesse o contrário.
      O que irá acontecer no futuro só vendo o novo capítulo vai saber.
      Não boie mais, aguarde para ver!
      Beijinho!

      Excluir
    2. Muito bonito, heim???? Desejando a minha morte? kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
  2. Obrigado pela leitura bonita e encantadora. :) Brilhante e capítulo hilário. Com ilustrado bonito. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pety, sempre presente nos meus postes!
      Beijinho!♥

      Excluir
  3. hahahhaa ADOREI!


    " AB – Bom dia amor, já levantou?
    BeAz – Não queridinho, esta aqui é a minha irmã gémea, eu ainda estou dormindo lá em cima, então não vês que sou eu mesma?"

    Chris seduzindo o Felismino, foi ótimo! Bem apropriado para ela.

    Apropriado também foi Meg no laboratório! Meg+coisinhas que explodem não cmbinam! hahahaha
    Afinal eu fui salva pelo coelhinho fofo! kkkk

    Mas e agora???? Teremos que mudar de facul?


    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao ponto de o despir e colocar-lhe uma pintura e uma peruca, qual o Diretor que cairia numa dessas? Chris tem mesmo talento! kkkkk
      Meg, você quando bebe tem de se ter cuidado consigo e ainda mais quando se lembra de ir para um laboratório naquele estado.
      Foi o bonbeiro que a descobriu no wc, você se enfiou lá e nem deu mais importância ao incêndio, pensavamos nós que você já tinha sido engolida pelas chamas.
      Teremos de mudar de faculdade? Sem Diretor aquela não volta a abrir.

      Beijinho!

      Excluir
  4. Peraí! Até com o diretor, Chris ?
    Ri muito com o capítulo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E no final com o bombeiro, bem, Chris sempre teve queda para bombeiros!
      Obrigada Lollipop!
      Beijo!

      Excluir
  5. Chris vamos manerar néh com o diretor ai ja é demais, e beaz acabou a preocupação com as notas néh ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas acho que quem estava mais preocupada era Chris para fazer o que fez, só ela mesmo!
      Obrigada Tulio!
      Beijo!

      Excluir
  6. Em breve eu também vou fazer uma história que vai se chamar: " De Cabeça Para Baixo "
    Se quiser ver, a sinopse dela está lá no meu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Lollipop! Obrigada por avisar!
      Bjs!

      Excluir
  7. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK'
    Gente, nunca ri tanto em uma atuh! Você fez um ótimo trabalho, BeAz!
    Tudo culpa da Chris, minha gente! Como assim? Ela não podia se ousar tanto assim com o coelhinho kkkkkkkkkkkkkkkk'
    Ansioso para a próxima atuh! kkkkkkkkkkk'

    Amo o jeito da BeAz de escrever kkkkk' Algumas coisas que, quando lidas por brasileiros, parecem ousadas mas sem ser kkkkkkkkk'

    Beijão ;**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada ABzito!
      Tem razão, eu estava com receio de escrever período mas não vou dizer porquê!

      Beijinho!

      Excluir
  8. V6 taum acabando com a minha reputaação ilibada!Kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chris, você sempre dá um jeito de ter aquilo que quer! kkkkk

      Beijinho!

      Excluir
  9. Hahaha amei o cap!!
    O que será que vcs vão aprontar na nova universidade hein?!
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Caroline!
      Ainda não sabemos o que vai acontecer com o Diretor felismino suspenso da sua atividade, não sabemos se a Universidade fecha ou se arranjam alguém para o substituir. Esperemos para ver!
      Beijinho!

      Excluir
  10. É e o que vem por ai com vida Universitária ????.... imagino rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Norma por ter visitado a nossa história, espero que continue a acompanhar.
      Beijinho!

      Excluir
  11. OBS. Em capítulos, a lista pára no capítulo 19.

    Tô achando que vão aprontar muito mais com o Vida Universitária. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Kabuk por avisar, já acertei.

      Esperando para ver! :)

      Excluir
  12. Chris safadéééééinha e espertinha! HAHAHAHA
    Foi seduzir o diretor! Vê se pode? HAHAHA
    Eu ri!

    Abraços!

    ResponderExcluir