terça-feira, 27 de novembro de 2012

Capítulo 12 - Eu quero é mais! - By Chris


Aquelas aulas da faculdade estavam ficando a cada dia mais chatas! Pra falar a verdade eu só estava indo ao campus porque ainda não tinha nada melhor e divertido pra fazer naquele fim de mundo de gente atrasada. Por falar em  em atraso, eu sempre chegava nas aulas super atrasada e quando chegava não prestava a mínima atenção no que o professor estava falando. A maioria dos profe nem de importava com a minha pessoa, mas tinha uma tal de Gorete que era um saco! Ô mulher mal amada!



Era professora de Novas Tecnologias, mas parecia mais uma beata professora de Ensino Religioso. Pois a infeliz me deu a maior bronca só porque eu tava escutando umas musiquinhas que eu havia baixado da net ali mesmo na aula, no meu Ipod. Ora, o que eu estava fazendo fazia parte do assunto da aula; eu estava fazendo uso das Novas Tecnologias para o meu divertimento, afinal meu objetivo naquela maldita universidade era mesmo me divertir.



–  Retire-se já da minha aula! Irei fazer um relatório informando ao diretor acadêmico os seus atos de indisciplina! Não é a primeira vez que você se comporta mal em minha aula!
–  Mas profe, eu só tava fazendo o que a senhora mandou. Tava fazendo uso das Novas Tecnologias no sentido de facilitar a nossa vida; tava facilitando o meu trabalho de baixar umas musicas – respondi na maior cara de pau.
–   Olhe mocinha, não me provoque porque eu já perdi minha paciência com você! Caia fora imediatamente – disse a mal amada quase espumando pelos cantos da boca.
      Aquela mulher só andava estressada, coitada! Deveria arrumar um macho pra dar um trato nela!Rs...



Eu não estava mesmo a fim de assistir a nenhuma aula mesmo, então saí da aula da enssossa da Gorete no maior contentamento. No corredor fui olhar no quadro de avisos se iria haver alguma festinha naquele final de semana, mas infelizmente não havia nada programado



Fiquei perambulando pelo campus até o final das aulas, quando fui me encontrar com os meus “coleguinhas” de república em uma das várias lanchonetes que haviam espalhadas pela universidade. Entre eles o assunto não era outro: a minha expulsão da aula da beata.



Fiquei perambulando pelo campus até o final das aulas, quando fui me encontrar com os meus “coleguinhas” de república em uma das várias lanchonetes que haviam espalhadas pela universidade. Entre eles o assunto não era outro: a minha expulsão da aula da beata.
–        Chris, se você continuar assim vai acabar perdendo o ano – disse a portuga compadecida.
–    A coitada da Gorete quase tem um troço; vi a hora de ela ter um pire-e-paque ali mesmo – falou a magricela etiópica.
–       Pois eu achei que ela tava muito certa. Tem gente que não sabe se comportar, que se comporta como se fosse criança.
      Fiz de conta que nem ouvi o último comentário pra não rodar a mão na cara daquele mequetrefe. Se ele tava pensando que eu havia engolido aquela historinha de fazer as pazes, de ser solidário e coisa e tal, ele estava muito enganado! Não esqueço o absurdo que paguei no cabeleireiro pra tirar aquele tom verde do meu cabelo!

–     Vocês vão comer por aqui mesmo?
–     Estávamos esperando por você para decidir
–    Pois então decidam sem mim porque preciso fazer uma coisa urgentemente. Depois nos encontraremos na república.





Realmente eu não havia feito nenhuma questão de permanecer na aula da Gorete, mas ela não ficasse pensando que eu iria deixar aquilo barato não! Ela que me aguardasse! Fui fazer uma ligação enquanto as duas “comadres” ficaram dando conta da minha vida.
–     Beaz, minha filha, se essa garota continuar assim acaba sendo expulsa daqui!
–      Pois então! Ela não tem responsabilidade com coisa nenhuma, não sei o que veio fazer aqui...
–       Saber a gente sabe né...?





Pois é, eu também sabia o que tinha ido fazer ali, sabia e estava fazendo muito bem. Depois de algumas ligações consegui localizar o diretor acadêmico da universidade, com quem já havia trocado umas ideias em outra oportunidade.
–    Então professor, o senhor sabe que eu não gosto de fazer acusações infundadas, mas desta vez o caso é muito grave.
–    Do que se trata exatamente? - perguntou o cara sem tirar os olhos de cão faminto do meu decote.
–     É a professora Gorete, coitada! O senhor não imagina como ela estava desequilibrada hoje; tenho notado que a pobre anda muito estressada. Talvez ela esteja precisando de um descando, de umas férias, ou quem sabe de um monitor pra ajudá-la.
–   A professora Gorete é uma professora muito tradicional, não aceitaria um monitor.



–    Pois este é o problema, professor! Como pode uma pessoa com ideias tão arcaicas ser a professora responsável pela disciplina novas tecnologias? Professor, a aula dela se resume a mandar a gente fazer pesquisa no Google! Um absurdo isso! O senhor não sabe o que ela fez hoje comigo. Só porque eu estava hospedando fazendo um Podcast ela veio com toda ignorância e me expulsou da sala de aula. Isto é admissível em se tratando de uma disciplina cuja ementa contempla a utilização de novas mídias!
–     Realmente. Irei conversar com a professora, não se preocupe.
–     Converse mesmo, professor. Vai ser até bom para ela ter alguém com quem conversar porque a coitada é tão solitária...



Depois de “fazer” a cabeça do diretor acadêmico fui-me embora toda realizada com o meu feito. E pra completar a minha felicidade avisto o Abaitolado todo se derretendo pra a desenxavida da Shirlei, uma candidata a piriguete decadente do campus. Parei um instante pra observar a cena pois com certeza um dia aquilo poderia me servir como trunfo.



Pelo que observei de longe, parece que estavam combinando alguma coisa. Naquela noite eu não iria tirar os meus olhos do quarto do mequetrefe!



Quando voltamos para casa ainda era dia e decidimos tomar um solzinho no quintal. Sim, no quintal, pois aquela república era tão de quinta que nem área externa com piscina tinha!
–     Não sei onde eu estava com a cabeça que aceitei ficar nesse pardieiro!
–      Pôxa, Chris,Também não é tão ruim assim!
–      Como não Beaz!?Então você acha que o que pagamos aqui é condizente com o que esta república nos oferece? Não temos uma piscina, os quartos são um ovo, não tem opções de lazer, a TV é de 14 polegadas, etc, etc, etc...
–      É...Talvez a Chris tenha razão, Beaz.



–    E pra completar já está anoitecendo e estamos sem energia. Por acaso o senhor pagou a conta de luz? - perguntei ao mequetrefe
–    Claro que sim...
–    Mas pelo jeito só faltou energia aqui na república
–   Ora Meg, pode ser algum defeito no disjuntor
–    Então vá dar uma olhada porque senão passaremos o final de semana sem energia elétrica aí quase nada vai funcionar
–    Quase nada o quê, Beaz, se não temos praticamente nada!? Só se for a TV velha, kkkkkkkk...Vai ser até bem interessante vivermos a luz de velas. Ah, quem sabe alguém tá planejando fazer um jantar a luz de velas por aqui – falei tentando alfinetar o patife do AB.



–   Bem, vou entrar pois já está anoitecendo e já tou ficando com frio. Vou ferver um pouco de água pra tomar banho de cuia, porque pra completar hoje o chuveiro elétrico, que de tão velho só falta nos eletrocutar, não vai funcionar! Kkkkkkkkk...
–   Acho melhor chamarmos um técnico pra dar uma olhada nesse disjuntor
–   Concordo com a Meg, AB. Você que é o administrador daqui ligue pra um.



É, ligue mesmo porque todo cuidado é pouco com esse negócio de eletricidade. Se tiver algum problema na rede elétrica pode ocorrer outro incêndio, kkkkkkkkkkkkkkkkk – falei em tom de sarcasmo só pra irritar o administradorzinho de meia tigela.

21 comentários:

  1. Ai ai! Chris, você anda cada vez mais rebelde kkkkkkkk'
    Tadinha da nossa professora... kkkkkkkk'

    E VOCÊ NÃO VIU NAAADA, OK?! APENAS ESTAVA CONVERSANDO COM A COLEGA! U________U' E ela não é piriguete u_u'

    Outra coisa, minha filha, que maiô é esse? Lembrei daquele vestido tomara que caia... Essa tua roupa é tomara que não segure! kkkkkkk' Tenha compostura! kkkkkkk'

    Beijão ;**

    ResponderExcluir
  2. Blackout na republica!!! Isso não vai prestar! Alguém segura o tarado por que ele vai atacar!!! kkkkkkkkkkkkkkkk
    Chris, faltou pano para o seu maiô? Não é por nada não, mas eu não sou obrigada a ver aquele popozão desfilando pela casa ¬¬"

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tarado. Tenha mais respeito com o colega, magricela u___u'

      Excluir
    2. Minha fia, não tenho culpa se sou encorpada!Kkkkkkkkkk

      Excluir
    3. Chris, é recalque da magricela kkkkkkkkkkk' Ela nem permitiu que você tirasse fotos dela de trás kkkkkkkkkk' Tá com vergonha por não ter o que mostrar de bom kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'

      Excluir
  3. O que era aquele maiô, hein Chris??? kkkkkkkkkkkkkkkk
    Vi a hora dele cair... o AB é quem iria gostar! kkkkkkk
    Fiquei com pena da sua professora, Chris :/ Você pegou pesado com ela! Mas confesso que estou curiosa para saber o que vai acontecer depois da sua conversinha com o diretor! muahahhaha
    Ah, essa república sem energia não vai prestar, hein! hehehe
    Beijos.

    http://diariosthesims.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simy, você não acha que o diretor aceitou muito facilmente os argumentos da Cris? Eu achei! Sei não, viu? Será que a Cris andou seduzindo até o diretor???

      Excluir
  4. Acho que Chris tem razão, não gosto de professores retardados. Mas quase pensei que Chris se iria meter com o diretor para que despedisse a professora.
    AB posso saber o que conversava com aquela coleguinha? É só curiosidade!
    Chris, por acaso aquele maiô não é uma das peças de roupa que o ABestalhado cortou? Ou, onde foi buscar aqueles trapinhos que amarrou com uns fios à volta do corpo? E ainda por cima foi-se expor para o quintal, já viu se alguém via, o que pensariam daquela república?

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahha senti uma pontada de ciúmes do AB!! ♥♥♥
      Tô desconfiada, viu BeAz? Essa sua cara de santinha não me engana!

      Excluir
    2. Que nada menina, é mesmo curiosidade!

      Excluir
  5. Tadinha da Gorete, que maldade Chris e o Aníbal nem responde as indiretas de Chris.
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tulio, já viu a tamanho da Chris? Quem vai ser o louco a responder as indiretas dela? kkkkkk *medo*

      Excluir
    2. Não fale por mim, puro osso! kkkkkkkkkkkkkkk'

      Eu a enfrentei sim u_u'
      Aliás, eu que mais a enfrentei /lixa
      Quero ver é você lidar comigo ou com ela /lixa

      Excluir
  6. Essa mulherada ta tda despeitada pq naum tem competencia p usar um maio daquele!kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkk' Chris, você me deu uma bela ideia (666'

      Excluir
    2. É maiô mesmo ou um pedaço de um trapo?

      Excluir
  7. KKKKKKK
    A Chris é uma figura, sempre espero a próxima e pra quem ela vai aprontar.
    Melhor ser amiga dela, viu?
    Seus figurinos são ótimos, sempre pagando cofrinho. ;)

    ResponderExcluir
  8. Naum tenho culpa se a natureza foi generosa comigo,kkk

    ResponderExcluir
  9. l
    Adorei o capitulo, olha a Chris se revelando; o AB ta arrasando coraçoes hem, quem será a primeira a cair na labia dele kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  10. Tb to curiosa pra saber qual delas irá se render aos encantos do AB.

    ResponderExcluir
  11. Chris, o que fizestes com a professora, era justamente o que eu adorava fazer quando eu estudava(na vida real). 3:) HAHAHAHAHAHA

    Adorei o capítulo!

    ResponderExcluir